Páginas

31 julho 2016

Slavia Praga 0 - 0 Rio Ave - Não vi o mesmo jogo!

  Não jogamos mal, sem dúvida que não, mas... Eu não fiquei convencido.
  Estou com receio de que esta equipa do Rio Ave se torne um pouco no Porto de Lopetegui.

  Chego a esta conclusão percebendo que as nossas ocasiões de Golo flagrante foram praticamente nulas. É verdade que obrigamos o adversário a fazer defesas apertadas, mas quase sempre por mérito individual e maioritariamente de fora da área. Quero com isto dizer que não conseguimos criar oportunidades de "Golo cantado".
  Contudo não acho que tenhamos estado mal em campo. Controlamos muito bem o jogo, quer na posse de bola, quer na recuperação da mesma fruto do bom posicionamento em campo e da boa dinâmica incutida. Nota-se também que a equipa acredita no seu trabalho e os muitos remates colocados na baliza confirmam que a equipa acredita que pode chegar ao Golo. A vontade de marcar é evidente.
  Pela negativa também se destacam alguns momentos individuais negativos, sobretudo na defesa. A somar a isso a quebra defensiva também foi evidente. Pode ser que na próxima semana a equipa se encontre mais fresca e capaz de encarar os 90 minutos (ou 120).

Homem do Jogo: Cassio

  Não há dúvidas desta vez. Se outros jogaram muito bem, uma coisa é certa: Se Cassio não faz aquelas duas defesas apertadas hoje estaríamos aqui a contar uma história muito diferente e muito mais preocupante. Se alguém lhe quer roubar este título pela positiva tem que se destacar noutra zona do terreno.

  Dos restantes a surpresa para mim foi Nadjack, bem acima do que vimos em alguns jogos da pré época, embora ainda tímido em campo. No resta da defesa vimos coisas boas de todos, mas também erros no passe, Marcelo, Roderick e Rafa executaram mal demasiadas vezes para um jogo de eliminatória.
  No meio campo tudo funcionou, acredito que foi mesmo o melhor sector em campo, mas Ruben Ribeiro tem que gerir melhor o seu jogo, ele esteve excelente na primeira parte, mas cometeu alguns erros por não soltar a bola que depois causaram calafrios. Se não fosse a excelente exibição de Novais teria sido capaz do melhor e do pior. Novais e Wakaso apresentaram-se a grande nível (não sei quem vai colmatar a saída eminente do último). Krovinovic mais apagado, mas sempre muito sóbrio em campo.
  No ataque Yazalde foi o melhor avançado, enquanto que Gil Dias me pareceu algo deslocado. Acredito que tem muito talento e pode acabar a época em grande, mas ainda não está ao nível do futebol mais exigente. Não saiu do campo o que me leva a pensar que aqui está o típico "jogador do treinador".
  Dos suplentes Heldon foi o que entrou melhor, mas o 4-4-2 e ele ainda não estão oleados. Dá para tirar mais deste Heldon. Guedes esteve muito apagado e a equipa não o serviu convenientemente. Já Tarantini entrou para congelar o jogo e dar consistência ao meio campo e cumpriu isso tudo com o bónus de manter a baliza inviolada.

Sem comentários: