Páginas

13 abril 2018

Uma equipa para a História? É possível


  Podemos bater um recorde sem dúvida. Temos tudo para isso.
  Vejamos os registos:

Nas vitorias
43% - épocas 81/82 e 82/83 (30 jornadas) com Mourinho Félix e Quinito
41% - épocas 15/16 e 16/17 a (34 jornadas) com Pedro Martins e Capucho/Luís Castro

14 vitórias - épocas 15/16 e 16/17 a 34j Pedro Martins e Capucho/Luís Castro
13 vitórias - épocas 81/82 e 82/83 a 30j Mourinho e Félix Quinito

   Neste momento já temos 13 vitórias. Temos tudo para bater o valor absoluto e talvez o valor percentual também, esse que é o mais justo (até porque em teoria entraram 2 adversários mais acessíveis).

Nos Golos
1.43 golos/jogo - época 82/83 (30 jornadas) com Quinito.
1.29 golos/jogo - época 15/16 (34 jornadas) com Pedro Martins.

44 Golos - época 15/16 (34 jornadas) Pedro Martins
N'Bola não deu hipóteses a ninguém e balançou a rede por 20 ocasiões e o Central Duarte sá foi o segundo melhor da equipa com 5 Golos em 21 encontros.
43 Golos - época 82/83 (30 jornadas) Quinito
Guedes e Bressan (com mais minutos em campo) marcaram 6 Golos, mas Postiga conseguiu 5 em 11 partidas

  Neste capítulo será bem mais complicado pois estamos com apenas 35 Golos, mas para chegar às vitórias também vamos ter que marcar e normalmente não ficamos por um.

  Nota para a coletânea de treinadores que esta estatística reúne. Estes números não nascem do acaso.

Sem comentários: